1.7.16

Resenha: Érica - Larissa Medeiros Barros Leal


 Érica é mais uma menina normal às vésperas do seu aniversário de 15 anos, filha única e rodeada de amor. Quer saber mais? Só seguir lendo!
Ninguém ali além dela sabia a verdade. Seus pais morreram por causa dela. Foram mortos porque um estúpido qualquer (ou um bando de estúpidos) decidiu que ela era uma ameaça a seu grupo. O porquê não sabia, e se Derek sabia, não lhe disse.

A tristeza cedeu espaço para a raiva. Raiva de Calvin, de Haley... E de si mesma. Mais ainda dos dois garotos. Eles haviam arruinado sua vida por algum ideal idiota. Assassinaram seus pais para impedi-lá de fazer algo presumidamente perigoso.

A raiva foi substituída pela determinação. Ela não deixaria que a morte de seus pais fosse em vão. Faria o que não queriam que fizesse: enfrentá-los.
Iria se juntar a Derek e à sua missão, fosse qual fosse.



 Érica levava uma vida normal e estava ansiosa por seu aniversário de 15 anos que estava cada vez mais próximo.
 Após sua festa, num dia normal de aula, ela é chamada na diretoria e informada de que seus pais foram mortos. Depois disso, Érica passa a viver com Tessália (sua prima) e seus tios.
 Derek, um membro da Ordem das Doze Tribos de Israel (ODTI), havia lhe dado um aviso mas ela não compreendera. Seus pais foram mortos em seu lugar. Depois do acontecido, ele volta, e convence Érica a ir para Frankfurt, na Alemanha, para viver com ele por lá. Ela foi incluída na lista negra da Ordem e também foi convidada para ser uma espiã da União Europeia.
 Aí entra a parte falha do livro: Érica, uma menina de 15 anos, facilmente pega suas coisas e atravessa o mundo com uma pessoa desconhecida. Ok, ela estava muito abalada. Mas foi de uma forma muito brusca mesmo, a autora podia ter desenvolvido mais essa parte. Porém, nada que modifique o resto da história e/ou torne o livro ruim.

Ela ensinou que o melhor caminho é a paz.

 Prosseguindo: Enquanto isso, em Moscou, dois jovens sobrevivem a um duplo atentado que mata quase todos seus amigos e precisam lidar com a revelação de um segredo que envolve uma das vítimas. No Cairo, uma ONG islâmica tenta escapar de uma armadilha arquitetada pela ODTI para submetê-la às suas decisões. Em Washington, sede da Ordem das Doze Tribos de Israel, a filha de um funcionário da Casa Branca cai em ciladas para que seu pai colabore com os radicais. Em Pequim, um filho procura o pai, há meses desaparecido.
 A ODTI quer atacar/matar todos que em algum momento da História fizeram algum mal a eles, ou seja, todo o mundo.

 O livro tem vários personagens e no fim todas as histórias se interligam, estilo Confie em mim, do Harlan Coben. E também, trata de um tema que ocorre a muito tempo como vemos estudando História que é o extremismo religioso.
 Fui enganada e surpreendida. O final me cativou muito. Sem dúvidas foi uma das melhores leituras do ano.
 A autora conseguiu ligar tudo sem esquecer de nada (eu sempre penso que esses autores que colocam milhões de personagens vão deixar uma ponta solta). Me encantei muito com o amadurecimento de todos os personagens inclusive o de Érica, ela soube lidar com tudo muito bem.
 Eu queria que o final fosse diferente porque eu tava shippando MUITO um casal mas fui enganada.

E vocês, já leram este livro? O que acharam?

27 comentários:

  1. Eu ja li esse livro e foi ele me abriu meus olhos para os livros nacionais. A Larissa além de ser um amor de pessoa é uma escritora incrível. Esse livro deveria virar filme de tão bom que é. Eu tbm fiquei incomodada em como a Érica foi parar longe logo depois de perder os pais. Mas ok. Da pra relevar porque o livro foi de todo incrível. O começo me deixou um pouco confusa por causa de tantos personagens. E eu também shippava um casal que nao rolou por causa do final. Adorei a resenha.
    Beijinhos da Fran
    insidethebookssite.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro merecia ter um filme mesmo. Foi o único ponto falho do livro mas a gente releva porque o final... sem comentários!! <3

      Excluir
  2. Nunca li, mas já vi várias resenhas positivas. Estou considerando lê-lo, porque parece uma história muito interessante, principalmente agora sabendo que fala sobre extremismo religioso, um assunto muito em alta ultimamente. Também fico receosa com tantos personagens, mas após ler Battle Royale, com mais de quarenta, superei hahaha.

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior de tudo foi começar outro livro e ficar meio perdida porque parecia que tava faltando personagens porque no outro tinha muitos kkkkkkkkk

      Excluir
  3. Já vida várias criticas sobre esse livro,tanto negativas e positivas,porém ele não chama muito minha atenção, as vezes que ele parece confuso demais.Um dia darei uma chance.Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  4. Quem você shippou? Me conta porque eu li o livro, amei, mas não shippei ninguém haha
    "Érica" é um livro confuso inicialmente, porém incrível. Gostei muito da complexidade que ele possui e do desenrolar da história, juro que eu não esperava aquele final.
    http://www.livrofilia.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *CONTÉM SPOILERS AQUI*

      Shippei ela com o Derek, depois com o Thiago, aí com o Derek, aí com o Thiago, mas nenhum rolou KKKKKK :(

      Excluir
  5. Nunca li, tenho na minha estante(presente de anivessario da minha vo),porem não sou muito chegado a livro nacional, tem autor bom, mas tem sempre aqueles que mds ..... o livro parece ser emocionante pela sua descrição ai .... erica pelo visto amadureceu muito para uma menina de 15 anos que acabou de perder os pais ... mas ainda se torna louca por sair pelo mundo a fora com um desconhecido kkkk.... otima resenha.

    mais1naestant3.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não gostava de livros nacionais também mas deixei o preconceito de lado e tô adorando agora. Vê se faz o mesmo moço, lê esse livro aí que tu não vai te arrepender!

      Excluir
  6. Que resenha linda ! A Larissa é uma pessoa muito bacana! recebi esse livro essa semana e agora depois da sua resenha estou louca para ler!!

    Beijos!
    www.pintandoasletras.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu vi esse livro no insta, mas eu nunca tive certeza se era realmente bom, e também abordar extremismo religioso requer conhecimento, então, espero que ela tenha escrito consciente disso. Sobre os nomes dos personagens, acho que alguns são muito fora do comum no Brasil como Derek, Haley e Calvin. Érica e Tessália já me parecem nomes mais brasileiros, como autora nacional, acho que ela devia se atentar a nomes brasileiros. Enfim, gostei dos quotes e adorei a resenha!

    Beijos, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Derek, Haley e Calvin não são do Brasil. A história se passa em vários lugares!

      Excluir
    2. Ah entendi! Obrigada pela explicação ;)

      Excluir
  8. Tava sentindo falta dos seus posts, demorou de postar hein? Já vi muito esse livro no instagram, mas parar pra ler a resenha eu nunca tinha parado e confesso que amei. Nossa... excelente, a autora consegue envolver tanta coisa em um livro. Também acho meio chato quando os autores forçam alguma coisa como isso que aconteceu, isso acontece bastante. Parabéns pela resenha <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo é curto, Nique! Que bom que você gostou <3

      Excluir
  9. Amei a resenha <3 fiz essa leitura á um tempinho atrás , confesso que no inicio fiquei meio perdida com o fato de serem fatos e vários personagens, mais depois de um tempo os fatos se ligaram e a leitura fluiu normalmente, o final é surpreendente ne
    Beijos
    leitoresjardimliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O início foi muito confuso. O final foi extremamente surpreendente!

      Excluir
  10. Recebi ele esse mês, não vi ninguém falando mal, a Lari me enviou a versão azul, estou ansiosa.

    Lua xx
    Meu Mundo da Lua - FanPage

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia nem a autora nem o livro, gostei bastante da premissa, tenho muita curiosidade em ler livros neste estilo de extreminio religioso, acho que é um assunto muito atual e que deve também ser abordado na literatura.
    Gostei muito da resenha!
    Beijinhos!

    https://euliaeleio.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  12. Eu adorei esse livro ♡ fiquei mega confusa no começo, mas desde o início eu ja achava a Larissa super inteligente porque pra escrever esse livro não deve ter sido fácil hahaa

    Mas o que me ganhou mesmo foi o desfecho, adorei demais ♡

    ResponderExcluir
  13. Nossa parece ser muito bom. Algo que me chamou muito atenção nele, foi o fato de que uma história como essa seria normalmente uma distopia ou fantasia. Só que esse pegou grupos atuantes de hoje em dia. Achei muito massa iso

    ResponderExcluir
  14. Já ouvi falar muito desse livro e adorei sua resenha.
    Com certeza será uma das minhas próximas leituras!
    Beijos =*

    www.lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  15. Tenho ele aqui na estante só esperando um tempinho para mergulhar de cabeça.

    ps: você ama Harlan, você é uma boa pessoa.


    meumundodalua.com

    ResponderExcluir
  16. Eu tenho, mas com a outra capa.
    Bem, achei ele meio confuso.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Oie!!!
    Gostei muito da sua resenha ser crítica com algumas situações, pois realmente algumas partes não são muito críveis. Mas fiquei bem curiosa com alguns pontos ressaltados por você e assim que der eu lerei este livro.
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Http://www.caminhandoentelivros.com.br

    ResponderExcluir
  18. Ainda não li o livro, mas acho o enredo bastante intenso e único. Estou esperando o meu livro chegar para ler, e volto aqui para opinar! Ah, a resenha está exuberante!

    ResponderExcluir

© Viaje num livro - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Érica Camelatto.
Tecnologia do Blogger